domingo, 29 de abril de 2018 - 01:04h
Ministério da Saúde conhece Núcleos de Segurança do Paciente em hospitais do Amapá.
Núcleos já funcionam no Hospital de Clínicas Alberto Lima e Hospital da Criança e do Adolescente; meta ampliar para outras unidades.
Por: Poliana Tavares
Foto: Arquivo/Ascom

Viabilizar o cuidado do paciente com segurança foi o principal objetivo do I Encontro Estadual de Segurança do Paciente, que o Governo do Estado promoveu nesta sexta-feira, 27, no auditório do Museu Sacaca. O evento inédito, em Macapá, mobilizou não só profissionais da saúde, como também estudantes e gestores públicos.

Na ocasião, eles tiveram a oportunidade de conhecer os avanços e desafios dos Núcleos de Segurança do Paciente, que já funcionam no Hospital de Clinicas Dr. Alberto Lima (Hcal) e Hospital da Criança e do Adolescente (HCA). A meta da gestão, é fomentar a implantação dessa ferramenta para os outros hospitais e unidades mistas, que é obrigatório em todo serviço de saúde público e privado.

O programa de Segurança do Paciente, é uma das seis características da qualidade do cuidado e tem obtido, uma grande relevância para os pacientes, famílias e profissionais de saúde, com a finalidade de oferecer uma assistência segura. Os incidentes associados ao cuidado da saúde, em particular, as eventualidades (incidentes com danos ao doente), representam uma elevada morbidade e mortalidade nos sistemas de saúde.

De acordo com a secretária de Assistência à Saúde, Hely Costa, o encontro traz toda a perspectiva de fortalecimento da política de segurança do paciente que é uma linha que o Governo do Estado já vem adotando.

"O evento vem para potencializar implementação dos protocolos de segurança e ferramentas de gestão de riscos nos hospitais, que irão gerar indicadores de qualidade para a saúde do paciente", explicou Hely Costa, reiterando que o usuário está sempre exposto a fatores adversos que podem, inclusive, levar ao óbito. Sendo assim, somente com o fortalecimento e educação permanente focadas na implementação efetiva dos protocolos, será possível diminuir esses riscos.

Nos núcleos, são trabalhados seis protocolos básicos de segurança dentro dos princípios de uma assistência à saúde segura e de qualidade: a Identificação Correta do Paciente; Cirurgia Segura; Prevenção de Úlcera por Pressão; Segurança na Prescrição, Uso e Administração de Medicamentos; Prática de Higiene das Mãos em Serviços de Saúde e Prevenção de Quedas.

A responsável técnica do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), Carla Ulhoa, lembrou que a iniciativa para fortalecer e estimular a implantação do programa, foi através da criação de uma Câmera Técnica de Qualidade no Cuidado a Segurança do Paciente. O objetivo do conselho, é contribuir com a Secretarias Estaduais de Saúde na implantação/implementação dos Núcleos de Segurança.

"Percebemos que o Amapá está focado em fomentar esses núcleos. E é fundamental esse olhar dos gestores. É preciso garantir que a assistência ao usuário, seja oferecida de forma adequada", observou Carla Ulhoa.

O encontro ainda contou com a participação do representante do Ministério da Saúde, Renaldo Fernandes, que faz parte da equipe do Programa Nacional de Segurança do Paciente e também da representante do Instituto de Práticas Segura no Uso de Medicamentos, Raissa Cordeiro.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

SESA - Secretaria da Saúde
Av. FAB n° 069 - Centro. CEP: 68908-908. Macapá-Ap - (96) 2101-8551 - infosaude@saude.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2018 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá