quarta, 13 de junho de 2018 - 08:38h
Hemoap inicia programação do Junho Vermelho com palestra motivacional
Palestra abordou temas importantes como a conscientização para captar novos doadores e os cuidados que um doador precisa ter com a saúde.
Por: Jamylle Nogueira
Foto: André Rodrigues/Sesa
Ivanilda Paiva fez sua primeira doação de sangue e resolveu tornar-se uma doadora voluntária

O Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap) conta com o banco de dados de 20.474 doadores fidelizados, porém, a média de doações mensais é de 1.614. Então, para aumentar o quantitativo de doações que possam atender a demanda do Estado, o Instituto criou uma vasta programação no mês de junho para que as pessoas se sintam motivadas a realizar esse ato de solidariedade.

A campanha do Junho Vermelho iniciou na manhã desta terça feira,12, com uma palestra feita pela psicóloga do Hemoap, Katiuscia Paola, que realizou uma dinâmica de acolhimento e ressaltou a   importância de se tornar um doador e os cuidados que cada pessoa deve ter com a saúde.

"O nosso intuito é poder fazer com que nosso doador inapto se torne ativo e os que ainda não doaram sangue possam se fidelizar, pois, com essa palestra, enfatizamos o quanto é importante você se colocar no lugar do outro, e a partir de então a pessoa se conscientize de que, para ser um doador ativo, precisamos criar hábitos saudáveis, como boa alimentação e exames periódicos", explica a psicóloga.

A professora Ivanilda Paiva, 41 anos, foi uma doara captada pela campanha Junho Vermelho. Inicialmente, procurou o Instituto para doar sangue para uma amiga, porém, ao chegar no Hemoap, participou da palestra e resolveu tornar-se uma doadora voluntária.

"É a primeira vez que estou doando sangue, quando cheguei aqui pude ver que o banco de doação da minha amiga já estava completo, então, resolvi participar da palestra e me senti motivada a ser uma voluntária para ajudar a salvar tantas vidas. Eu espero que muitas pessoas participem dessa campanha e realizem esse ato de amor ao próximo", ressaltou Ivanilda.

De acordo com a chefe do Serviço de Captação e Orientação Social do Hemoap, Marcela Vales, a campanha do Junho Vermelho é uma ação estipulada pelo Ministério da Saúde que existe desde 2005, é feita em todo o país e faz alusão ao dia 14 de junho, data onde comemora-se o Dia Mundial do Doador de Sangue.

"A programação é feita, também, para agradecer aos doadores que são nossos heróis anônimos, que resolvem ter esse ato tão nobre e altruísta, pois uma única bolsa de sangue é capaz de salvar quatro vidas. Por isso, é tão importante fazer essa conscientização a todas as pessoas", declara Marcela.

A campanha continuará na quarta-feira, 13, com palestra sobre a importância da boa alimentação antes da doação e quais alimentos devem ser evitados pelos voluntários. Na quinta-feira, 14, ocorrerá o encerramento com uma apresentação cultural do cantor regional Zé Miguel, além de um bolo para homenagear o doador e distribuição de brindes

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

SESA - Secretaria da Saúde
Av. FAB n° 069 - Centro. CEP: 68908-908. Macapá-Ap - (96) 2101-8551 - infosaude@saude.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2018 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá