domingo, 07 de abril de 2019 - 09:05h
No dia Mundial da Saúde, Sesa alerta sobre a importância de hábitos saudáveis
Taxa de obesidade no Amapá está acima da média nacional; doença pode ser fator de risco para o diabetes e problemas cardíacos.
Por: Jamylle Nogueira
Foto: Karol Levy/Sesa

A pesquisa anual do Ministério da Saúde (MS), apontou que a média de obesos no Amapá é de 23,6%, taxa considerada acima da média nacional que é de 18,9%. Sobre essa perspectiva, em comemoração ao Dia Internacional da Saúde, 7, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), faz um alerta sobre a importância de hábitos saudáveis, pois alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos, previnem a obesidade e, consequentemente, combatem o diabetes, hipertensão e problemas cardiovasculares.

De acordo com a nutricionista da Sesa, Sônia Góes, o consumo exagerado de alimentos industrializados com excesso de sódio, açúcares refinados e conservantes, é comum no cardápio da maioria da população, sendo assim um dos principais fatores que levam a obesidade. “Hoje em dia temos uma rotina muito corrida, e esses alimentos já vem pronto para o consumo, por isso as pessoas acabam optando por eles ao invés de comidas naturais”, explica a especialista.

A nutricionista afirma, que uma pessoa obesa tem altos níveis de gordura corporal, que dificulta o bombeamento do coração que é responsável pela distribuição de sangue e funcionamento do corpo. Por esse motivo é comum que essas pessoas tenham hipertensão, além de diabetes tipo II, doenças consideradas crônicas, responsáveis por Acidente Vascular Cerebral (AVC), insuficiência renal entre outras comorbidades que podem ser fatal.

Para que a população evite esses problemas é importante, que seja feita uma reeducação alimentar, substituindo alimentos pobres em nutrientes, por alimentos naturais como legumes, frutas, proteínas e carboidratos do bem. Iniciar exercícios físicos como caminhadas de no mínimo 30 minutos, também contribui para a queima de gordura e estimula que o coração trabalhe corretamente.

“Essas são apenas medidas simples que fazem toda a diferença e, nos ajudam a manter nossa qualidade de vida. Por isso, tire um tempinho para preparar sua própria refeição e leve para o trabalho opções saudáveis. E, antes de realizar qualquer atividade física, consulte um especialista”, orienta a nutricionista.

Sônia frisa que as pessoas que já possuem esses problemas, devem procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS), pois o munícipio é responsável por  fazer o controle dessas doenças através da distribuição de medicamentos e, acompanhamento multiprofissional com a equipe da Estratégia Saúde da Família (ESF), que deve monitorar esses casos ainda mais de perto. “Todos esses problemas são evitáveis, basta que o paciente tenha todas as orientações e as siga corretamente”, finaliza a nutricionista da Secretaria de Estado da Saúde.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

SESA - Secretaria da Saúde
Av. FAB n° 069 - Centro. CEP: 68908-908. Macapá-Ap - (96) 2101-8551 - infosaude@saude.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá