terça, 07 de janeiro de 2020 - 09:20h
‘Janeiro Branco’ alerta para os cuidados com a saúde mental
Campanha visa dar voz e trabalhar problemas emocionais, tanto quanto os físicos, de modo a prevenir a depressão e, especialmente, o suicídio.
Por: Elmano Pantoja
Foto: Karol Levy/ Ascom Sesa

A saúde mental é tão importante quanto a saúde física, e o autocuidado é fundamental para afastar a depressão e a ansiedade. Neste mês, quando ocorre a campanha “Janeiro Branco”, autoridades de saúde alertam à população para que adote hábitos de cuidados com si próprio, evitando as doenças que chegam a culminar com o suicídio em alguns casos.

A psicóloga Marina Tork, que coordena o Núcleo de Atenção Psicossocial do Estado, lembra que investir em cuidados para si é uma questão de saúde.

"Prestar atenção em si é essencial, pois, em alguns casos, os sinais de alerta de que algo vai mal podem ser muito visíveis. Ter a percepção desses sinais ajuda a não incluir esse mal na rotina do dia-a-dia, que pode vir a gerar sérios dados à saúde da mente. Por isso, o autocuidado é tão importante", reforçou. 

A psicóloga elencou os principais sinais de alerta. São eles: cansaço, indisposição e desânimo ou, ao contrário, fazer milhares de coisas em modo automático; apatia e embotamento das emoções (fazer as coisas sem sequer perceber o sentimento que elas trazem); mudanças na rotina de sono (insônia ou hipersonia) e alimentar (buscar a comida menos ou muito mais do que o normal); problemas nas relações e vínculos afetivos; constante estado de alerta ou sobressalto; dificuldade em se concentrar em atividades simples; imunidade baixa. 

O “Janeiro Branco” visa dar voz e trabalhar problemas emocionais, tanto quanto os físicos, de modo a prevenir a depressão e, especialmente, o suicídio, estimulando o cuidado com a saúde mental e bem-estar.

Para reforçar o debate sobre o tema no estado, no dia 31 será realizado o Fórum de Saúde Mental, que contará com a presença de profissionais renomados. 

A intenção é que a partir do encontro, sejam desenvolvidos novos protocolos de atendimento para assistir da melhor forma possível esse paciente.

“É muito interessante que tenhamos uma provocação para que todos reflitam, debatam, conheçam, planejem e até efetivem ações em prol da saúde mental e do combate ao adoecimento emocional dos indivíduos. Por isso, precisamos falar sobre isso", ressaltou Tork.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

SESA - Secretaria da Saúde
Av. FAB n° 069 - Centro. CEP: 68908-908. Macapá-Ap - (96) 2101-8551 - infosaude@saude.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2020 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá