quarta, 07 de fevereiro de 2018 - 08:34h
Governo do Estado reforça equipes em hospitais durante o Carnaval
Unidades terão aumento de profissionais para garantir fluxo de atendimento.
Por: Claudia Cavalcanti .Colaboradores: Elmano Pantoja
Foto: Márcio Pinheiro
Atendimento nos hospitais da rede estadual será reforçado durante o período do carnaval

Muitas brincadeiras que iniciam na folia de carnaval, sem o devido cuidado e, principalmente com a grande ingestão de bebida alcoólica, acabam terminando nos hospitais. Para garantir o fluxo de atendimento neste período, o Governo do Amapá, definiu, junto à Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), o reforço de profissionais nas unidades durante o feriado.

No Estado, as principais festividades de carnaval irão se concentrar no município de Santana, por esse motivo, o atendimento no Hospital Estadual de Santana (HES) foi reforçado. As escalas estarão com um suporte assistencial de 20% a mais de servidores nos plantões. Além disso, haverá dois postos de atendimentos, um de triagem na Avenida Santana, onde irão se concentrar as festas organizadas pela Prefeitura Municipal de Santana (PMS) com o apoio do Governo do Estado do Amapá (GEA), e outro no próprio Hospital, que terá equipamentos e leitos reservados para atender os foliões encaminhados através dessa triagem.

Para que a assistência seja dada da melhor forma possível, a Sesa orienta que a população procure o HES somente nos casos que condizem ao atendimento de alta complexidade e emergência. Ocorrências de menor potencial, como pequenos cortes e demais ferimentos leves, devem ser direcionadas às Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Reforço de Carnaval

Samu

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do Estado atuará com 12 servidores, sendo duas equipes preparadas para as intercorrências, cada uma com quatro profissionais - 1 médico, 1 enfermeiro, 1 técnico de enfermagem e 1 condutor - e mais quatro médicos na regulação, além de contar com o apoio das unidades do Samu dos municípios.

Hospital de Emergência

A unidade, além das escalas de plantões e sobreavisos médicos, terá um aumento de 20% na equipe de enfermeiros e técnicos de enfermagem, para garantir a assistência de porta de entrada, feita nos ambulatórios 1 e 2, e na clínica cirúrgica, onde se concentra a maior parte dos atendimentos.

Pronto Atendimento Infantil (PAI)

O PAI estará atuando com 16 médicos, sendo 9 pela manhã e tarde, e 7 durante a noite, além dos enfermeiros e técnicos de enfermagem.

UPA Zona Norte

A equipe terá aumento de 25% para o atendimento dos usuários. Serão 14 profissionais na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Norte, sendo 8 técnicos de enfermagem, 3 enfermeiros e 2 médicos, além de outro em sobreaviso, caso haja a necessidade pelo aumento da demanda.

Hospital de Laranjal do Jari

Seis médicos darão o suporte durante o período para a unidade, sendo um clínico geral, um obstetra, um pediatra, um ortopedista, um cirurgião e um anestesista.

Além disso, a unidade aumentará em 20% a equipe de enfermagem para reforçar o atendimento de urgência e emergência, nos quatro turnos (manhã, tarde, noite e madrugada).

Hospital Estadual de Oiapoque

No período de 9 a 15 de fevereiro o Hospital irá contar com um médico clínico geral, um obstetra, um pediatra e um cirurgião geral. Além da equipe de enfermeiros e técnicos em enfermagem que trabalharão no regime de escala de plantões.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

SESA - Secretaria da Saúde
Av. FAB n° 069 - Centro. CEP: 68908-908. Macapá-Ap - (96) 2101-8551 - infosaude@saude.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2018 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá