quarta, 06 de novembro de 2019 - 12:15h
Profissionais participam de oficina de redução das taxas de mortalidade neonatal
Projeto visa qualificação no atendimento ao recém-nascido nas maternidades e diminuição das taxas de mortalidade neonatal.
Por: Claudia Cavalcanti
Foto: André Rodrigues

 Profissionais de saúde participaram de uma oficina criada pelo Ministério da Saúde, com a finalidade de reduzir as taxas de mortalidade neonatal e qualificar a atenção ao recém-nascido nas maternidades.

A 4ª Oficina Qualieno aconteceu na segunda e terça-feira, 4 e 5, e foi realizada pela Coordenadoria de Política de Atenção à Saúde (Cpas), da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

O projeto prevê a implementação de protocolos para melhorar a assistência aos usuários e a gestão dos recursos financeiros e humanos das unidades, além da adoção de boas práticas que promovem a qualidade e segurança do paciente.

Participaram da oficina profissionais do Hospital da Mulher Mãe Luzia (HMML), Hospital Estadual de Santana (HES) e profissionais dos municípios que atuam na saúde neonatal. Eles foram capacitados através de técnicas práticas e estudos de casos.

A consultora técnica do Ministério da Saúde, Luíza Geaquinto, lembrou que o Qualineo foi criado em 2017 e deveria ter duração de 2 anos, entretanto, teve continuidade nas ações de qualificação para o cuidado neonatal através de uma plataforma virtual.

“Esta é a quarta oficina que foi antecedida por várias outras atividades, como a pactuação com os gestores, reuniões técnicas, agendas virtuais e oficinas presenciais. Estamos sempre abordando temas relacionados aos indicadores do estado”, complementou.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

SESA - Secretaria da Saúde
Av. FAB n° 069 - Centro. CEP: 68908-908. Macapá-Ap - (96) 2101-8551 - infosaude@saude.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá