segunda, 05 de novembro de 2018 - 12:18h
Hospital de Emergência de Macapá ganha reforço na segurança
Sistema de monitoramento foi reforçado com mais câmeras; serão adquiridos detectores de metais e instalado um portão na rampa que dá acesso à ortopedia.
Por: Claudia Cavalcanti .Colaboradores: Weverton Façanha
Foto: André Rodrigues
Medidas foram anunciadas em coletiva de imprensa na Corregedoria-Geral da Polícia Civil, em Macapá

Em coletiva na Corregedora-Geral da Polícia Civil nesta segunda-feira, 5, o secretário de Estado da Saúde (Sesa), Gastão Calandrini, anunciou uma série de medidas para reforçar a segurança no Hospital de Emergências de Macapá (HE).

O HE já conta com patrulhamento de policias civis e militares além de vigilância terceirizada e, desde 2017, o sistema de monitoramento interno foi reforçado com a instalação de mais câmeras.

Para reforçar ainda mais a segurança, a Secretaria de Estado da Saúde está adquirindo dois detectores de metais que serão instalados nas entradas da ala clínica médica e clínica ortopédica do hospital. Também será instalado um portão na rampa que dá acesso ao setor de ortopedia e o número de câmeras será aumentado para facilitar a fiscalização.

As medidas foram anunciadas após um adolescente de 17 anos ter entrado na unidade hospitalar no último sábado, 3, e executado a tiros, o paciente Jhonata Araújo Carneiro, 19 anos, que estava na sala do pós-operatório.

Segundo a Polícia Civil, o paciente executado seria autor de outro homicídio ocorrido na quinta-feira, 1º, numa área de ponte do bairro Zerão, zona sul de Macapá. Jhonata Carneiro havia sido preso em flagrante pelo crime. Os detalhes do caso foram informados pelo delegado-geral de Polícia Civil, Uberlândio Gomes, durante a coletiva de imprensa na Corregedoria da Polícia Civil.

Calandrini ainda explicou que, em conversa com o diretor do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), foi definido que os detentos que precisarem de atendimento médico ou cirurgias, não fiquem mais no Hospital de Emergência aguardando os procedimentos e, sim, na enfermaria do próprio Iapen.

“Contamos com o apoio das policias Civil e Militar que, inclusive, contornaram a crise e prenderam o infrator que, já está na delegacia sob a custódia do Estado. Mas, para prevenir novos casos vamos deixar os pacientes detentos, pelo menor tempo possível no HE, para evitar problemas e crises dessa natureza”, concluiu o secretário de Estado da Saúde.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

SESA - Secretaria da Saúde
Av. FAB n° 069 - Centro. CEP: 68908-908. Macapá-Ap - (96) 2101-8551 - infosaude@saude.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2018 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá