segunda, 06 de maio de 2019 - 19:09h
Ato heroico da equipe do SAMU salva criança vítima de afogamento
O acidente aconteceu em um balneário enquanto os técnicos em enfermagem do SAMU aproveitavam o domingo de folga
Por: Jamylle Nogueira
Foto: André Rodrigues

Os técnicos em enfermagem do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Ivan Ferreira, 42 anos, e Carlos Almeida, 38, ambos com 7 anos de serviço, conseguiram salvar a vida de Arthur Miller, 5 anos, que foi vítima de afogamento, na manhã desse último domingo, 05, em um balneário de Macapá. Durante o acidente a criança apresentou Parada Cardio Respiratória (PRC), mas sobreviveu graças a agilidade e técnicas de primeiros socorros desses profissionais.

Ivan relata que no instante do acidente, eles estavam aproveitando a folga, com momentos de lazer entre familiares e amigos, quando se deparam com o tumulto e a cena de uma criança desacordado. Então rapidamente, eles entraram em ação e iniciaram o protocolo de reanimação do Samu. "Quando olhei para o Arthur vi que ele apresentava alguns sinais de morte, que são machas na pele, aparência roxa e havia feito necessidades fisiológicas. Então tivemos que agir ainda mais rápido. Foram 3 tentativas de reanimação", descreve Ivan.

A professora e mãe de Artur, Iara Santos, 32 anos, relata que o garoto sempre frequentou esses locais, pois ama nadar. Segundo a mãe, o acidente aconteceu após ele ter escorregado e batido a cabeça na borda da piscina, que o deixou desacordado no momento que caiu na água. "Eu serei grata a esses profissionais pelo resto da minha vida, pois é graças a eles que hoje o meu filho está vivo. Eu fiquei desesperada, com medo de perde-lo, mas eles mantiveram a calma e realizaram todos os procedimentos corretos, e hoje posso dizer que o Artur nasceu de novo", declara Iara.

De acordo com os profissionais, é a primeira vez que eles realizaram um procedimento de emergência durante sua folga e sem a presença da equipe completa e equipamentos. "O momento em que vi aquela criança abrindo os olhos e voltando a respirar, é simplesmente inexplicável. Me sinto muito honrado e muito grato por ter ajudado, pois todos os dias trabalhamos em prol de vidas, e salva-las é nossa missão", declara Ivan.

Após o processo de reanimação, a criança foi encaminhada para o Pronto Atendimento Infantil (PAI), e encontra-se com o quadro clínico estável, porém precisa permanecer na unidade durante sete dias, para que sejam realizados exames e fique em observação em caso de possíveis alterações.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

SESA - Secretaria da Saúde
Av. FAB n° 069 - Centro. CEP: 68908-908. Macapá-Ap - (96) 2101-8551 - infosaude@saude.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá