sábado, 01 de dezembro de 2018 - 11:13h
Dezembro vermelho: GEA oferece testes rápidos na praça Beira-Rio
Foram 200 atendimentos em testes, distribuição de preservativos e orientações realizados através da equipe do SAE/CTA.
Por: Jamylle Nogueira
Foto: André Rodrigues / Sesa
O teste rápido leva 30 minutos para gerar o resultado

No dia Mundial de Luta Contra a Aids, 1º de dezembro, o Governo do Estado do Amapá promoveu uma ação de saúde com testes gratuitos e rápidos de HIV, sífilis, e hepatite. Astividades ocorreram em um dos principais pontos de movimentação do fim de semana, a Praça Beira-Rio, na região central de Macapá.

Além dos exames, a ação distribuiu preservativos e orientações com especialistas. A programação marcou o início da campanha Dezembro Vermelho, que prevê estratégias voltadas para a prevenção, autocuidado e conscientização sobre o HIV/AIDS, além de outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST´S). 

De acordo com a coordenadora do Serviço de Assistência Especializada e Centro de Testagem e Aconselhamento (SAE/CTA), Virginia Moreira, os testes rápidos, são medidas de prevenção e autocuidado simples e práticas, mas o uso de preservativos, e orientações sobre as formas de contrair HIV são os métodos mais eficazes. “Atualmente o vírus tem tomado uma proporção muito grande entre jovens, ente 18 a 24 anos, e adultos, principalmente homens de meia idade. Nesta ação, além de realizar os testes rápidos, também tiramos diversas dúvidas e orientamos as pessoas sobre como se prevenir, e caso o teste seja positivo para alguma das IST´S, conversamos com a pessoa de maneira sigilosa e o encaminhamos para o SAE/CTA, onde realizará todo um acompanhamento”, ressalta. 

A coordenadora afirma que no SAE/CTA os pacientes tem acompanhamento da equipe multiprofissional, de médicos, farmacêuticos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas e odontólogos, que auxiliam no tratamento do HIV/AIDS. “A cada 6 meses nossos pacientes realizam exames de caga viral para ver a quantidade de vírus no organismo, e do Cd4 que mede a imunidade do paciente. É importante frisar, a diferença entre HIV e AIDS, pois a segunda só evolui caso a imunidade do nosso paciente esteja a baixo de 300, e assim ele pode contrair outras doenças que tornam o quadro de saúde quase que irreversível”, esclarece Virgínia. 

O pedreiro, Jonivan Ribeiro de 24 anos, veio até a praça para passear com sua família, quando resolveu tirar um pouco do seu tempo para realizar o teste rápido. Ele afirma que iniciativas como essas são de suma importância para a população que muitas vezes, não tem tempo de cuidar de sua saúde. “Quando as pessoas buscam atendimento muitas vezes a doença já está avançada. Aqui nesta ação pude me informar melhor sobre a campanha e os métodos de prevenção, além disso são apenas 30 minutos e o teste é indolor”, declara Jonivan.   

Ao todo foram realizados 200 atendimentos , e as ações de saúde se estenderão durante o mês de dezembro, através de programação especial realizada no dia 03 para pacientes do SAE/CTA, dia 12 será a vez dos servidores do Hospital das Clinicas Dr. Alberto Lima (HCAL), e dia 15 a equipe estará presente no natal solidário do bairro jardim equatorial. Além dessas programações a equipe do SAE/CTA, caso solicitada estará presente em mais programações durante este período.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

SESA - Secretaria da Saúde
Av. FAB n° 069 - Centro. CEP: 68908-908. Macapá-Ap - (96) 2101-8551 - infosaude@saude.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2018 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá